Você está aqui: Página Inicial / Projeto de Lei pretende gerar emprego

Projeto de Lei pretende gerar emprego

por Rafaela publicado 08/08/2017 13h19, última modificação 08/08/2017 13h19

A falta de oportunidade no mercado de trabalho é um dos fatores preponderantes do flagelo social que assola a sociedade. Para atenuar os efeitos dessa problemática, o vereador Professor Paulo (PCdoB) apresentou na Câmara Municipal de São Gonçalo um projeto de lei que cria reserva de percentual das vagas de trabalho em serviços e obras públicas para pessoas em situação de rua. 

O PL nº 111/2017, batizado como Amar e Mudar as Coisas, determina que 5% das ocupações de trabalho sejam destinadas as pessoas carentes de lar que estejam sendo assistidas e devidamente cadastradas em programas de políticas públicas da Secretaria de Assistência Social do município.

“O problema do desemprego atingi e aflige a todos indistintamente. Em relação aos mais humildes, nesse caso pessoas que vivem em situação de extrema pobreza, a desesperança é enorme e as dificuldades são incontáveis. Além de criar a oportunidade de trabalho, esse projeto de lei também tem como objetivo garantir a dignidade humana e promover a cidadania. É importante devolver a esperança e abrir a perspectiva de mudança para quem hoje encontra-se em situação de precariedade”, explicou o vereador Professor Paulo. 

O percentual da reserva determinado pela matéria compreende as obras e serviços públicos licitados que tenham capacidade de gerar vinte ou mais postos de trabalho na cidade. O texto explicita ainda que as pessoas selecionadas deverão cumprir carga horária contratualmente estipulada, bem como atender aos requisitos demandados pela empresa para preenchimento da vaga.   

O PL orienta que o candidato contemplado deverá levar uma declaração ao órgão municipal onde é assistido para prestar informações a respeito das condições de trabalho, rotina e cumprimento das normas contratuais. “Colocamos um mecanismo no projeto, uma espécie regulação, que permite garantir ao trabalhador ou trabalhadora desempenhar seu ofício recebendo tratamento adequado, vedando a possibilidade de sofrer abusos”, finalizou o vereador professor Paulo (PCdoB).    


 ASCOM PROFESSOR PAULO/ DIOGO VIEIRA

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Acesso à Informação

Mídias Sociais

Facebook Twitter  Youtube 

TV Legislativa

Acesse aqui a TV Câmara

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo site?

Sim, gostei
Não gostei
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 1256
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo